Energia Elétrica, Hídrica, Eólica, Fontes de Energia e outros

Elevador Residencial Vale a Pena? Custo x Benefício

Cada dia o uso de um Elevador Residencial tem se torando mais frequente em residências em todo o país. Seja por conforto, comodidade ou necessidade, esse equipamento pode trazer vantagens e desvantagens aos seus usuários.

57

Os elevadores residenciais apresentam algumas vantagens nada desprezíveis. Além do conforto na locomoção entre pavimentos de uma habitação, o incremento em matéria de acessibilidade faz bastante diferença para idosos, cadeirantes e outras pessoas com a capacidade locomotora afetada, como, por exemplo, acidentados e gestantes.

Quase todo mundo está familiarizado com os elevadores de condomínios, sejam eles habitacionais ou prédios de escritórios. Poucas pessoas, porém, estão familiarizadas com os elevadores residenciais, instalados em casas.

Também é útil o elevador residencial para pessoas que precisam se deslocar frequentemente entremos pavimentos, como, por exemplo, donas-de-casa ou empregadas domésticas no exercício de sua lida doméstica e pessoas que estejam cuidando de crianças pequenas ou pessoas feridas instaladas em pavimentos superiores.

Além das vantagens para os residentes, a presença do elevador residencial no imóvel pode ajudar a valorizá-lo e aumentar o preço obtido por ele na hora de revender.

Um elevador residencial tanto pode ser planejado no projeto de uma residência a ser construída como pode ser instalado em uma residência, já construída.

Custos de instalação e operação de um elevador residencial, incluindo energia e manutenção, tempo necessário para instalá-lo e cuidado com o ambiente.

ELEVADOR RESIDENCIAL – CUSTO, VANTAGENS E DESVANTAGENS

Elevador Residencial - Custo Benefício - Vale a pena

Segundo empresas que atuam no setor de elevadores, o progresso experimentado pela tecnologia de elevadores residenciais nos últimos anos permitiu que o preço do produto, antes considerado um luxo quase inacessível, diminuísse – em relação a renda dos possíveis compradores. Ele tornou-se mais acessível e seu nicho vem se expandindo correspondentemente.

Segundo o site da Thyssenkrupp Elevadores, divisão brasileira do famoso grupo industrial germânico especializada em elevadores, inclusive elevadores para residências, além de elevadores para condomínios e indústrias, a instalação deve custar entre 45 e 60 mil reais e demorar entre 5 e 10 dias.

Entre os fatores que afetam o preço de instalação de um elevador residencial e o tempo que demora par ser completada sua instalação, estão o número de andares da residência, as necessidades específicas de quem usará o aparelho (por exemplo, cadeirantes tendem a exigir mais espaço e, portanto, uma cabine maior do que as pessoas que podem se manter em pé, por exemplo), o modelo de elevador e os recursos opcionais escolhidos.

Um espaço de cerca de 2 m2 (1.350×1.550mm) deve ser o bastante para que dois cadeirantes ou quatro pessoas em pé se acomodem em uma cabine ao mesmo tempo.

É fundamental para o bom funcionamento de um elevador residencial – e para a segurança de seus usuários – que o elevador residencial passe regularmente por manutenção preventiva feita pelo fabricante, que deve informar com que frequência ela deve ser realizada. É importante também não exceder no uso as especificações do dispositivo.

Tipos de Elevadores Residenciais

Os elevadores residenciais são, em sua maioria, ou elétricos (também chamados de eletromecânicos) ou hidráulicos. Estes últimos só dependem de energia elétrica para subir, não para descer, pois descem movidos pela força da gravidade. Desse modo, em caso de falta de energia elétrica, o passageiro não fica preso.

Entre as desvantagens dos elevadores hidráulicos, pode-se mencionar a grande quantidade de óleo de que necessitam, o que encarece sua manutenção. O descarte do óleo deve ser feito de maneira muito bem pensada ou poderá causar dano ao meio ambiente.

Segundo as empresas fabricantes de elevadores residenciais, um elevador residencial é uma máquina razoavelmente silenciosa e gasta tanta energia elétrica quanto um eletrodoméstico comum, não se constituindo, portanto, em um grande acréscimo à conta de eletricidade da residência.

Elevador Residencial Vale a pena?

 

Só quem pode dizer se vale a pena instalar em casa um elevador residencial é quem vai tomar a decisão. Depende de suas necessidades, de seus recursos, da dificuldade e preço para instalação do recurso na residência em questão e das informações fornecidas pelo fabricante com reação aos gastos de energia e à necessidade de manutenção preventiva.

O que se pode dizer com certeza é que é um interessante recurso que acrescenta comodidade a uma casa e pode ajudar a ampliar a independência de alguns de seus moradores. A exemplo de pessoas idosas ou com alguma deficiência física, para estes, tal recurso é indispensável para proporcionar maior acessibilidade aos demais andares da residência.