Energia Elétrica, Hídrica, Eólica, Fontes de Energia e outros

Como Economizar Energia no Trabalho

Para economizar energia no trabalho é necessário possuir a colaboração dos colegas e também da chefia. Não adianta tomar atitudes sustentáveis sozinho, deve haver um trabalho colaborativo de todos.

20

A cada dia é a necessidade de evitar o desperdício de energia vem se tornando mais importante, por razões financeiras e ambientais. Energia não-gasta é energia que não terá que ser paga – poupando o bolso de quem pagaria a conta.

Há métodos para obter-se energia através de métodos que produzem poluição, como a queima de material orgânico nas usinas termoelétricas, ou consomem recursos não renováveis, como jazidas de carvão – resguardando a natureza.

Vem sendo cada dia mais crescente a necessidade de economizar energia em casa, na escola e até mesmo no trabalho. A maior parte das pessoas passa parte considerável de seus dias trabalhando. No local de trabalho, podem ser usados equipamentos eletrônicos, iluminação elétrica e outros aparelhos que tem consumo de energia constante.

Vale lembrar que as medidas que as pessoas podem tomar para economizar energia no trabalho não dependem apenas de um indivíduo para sua aplicação, mas também da concordância dos colegas ou até mesmo de decisão de um superior hierárquico.

Citamos medidas simples que as pessoas podem tomar para ajudar na economia de energia nos seus locais de trabalho, pode-se citar uma medida que é bastante comum em várias residências É:

DESLIGAR AS LÂMPADAS

Desligar as Lâmpadas ou Trocar por Lâmpada de Led

Apagar as luzes em ambientes vazios é uma excelente maneira de economizar energia no trabalho. Há casos em que não há a necessidade nem de manter as lâmpadas ligadas, a depender de quanta iluminação solar você dispõe em seu ambiente de trabalho.

DESLIGAR COMPUTADORES, NOTEBOOKS, IMPRESSORAS E AFINS

Desligar o computador ou notebook quando tiver acabado o expediente (depois, claro, de salvar os arquivos que precisam ser salvos e fazer o processo correto para desligar o equipamento) ou deixá-lo no modo econômico se for ficar muito tempo sem fazer uso dele (se for sair para almoçar ou estiver indo a uma reunião, por exemplo).

Outra dica é desligar a tela do computador ao ir almoçar, ir a uma reunião ou mesmo quando for ao banheiro. Pode parecer pouco, mas esse hábito pode fazer uma grande diferença no final do mês se a empresa possuir uma quantidade razoável de computadores.

DESCONECTAR APARELHOS ELÉTRICOS/ELETRÔNICOS DAS TOMADAS

Se estiverem conectados à tomada, aparelhos como micro-ondas e televisores, entre outros, gastam energia mesmo que estejam desligados. Pesquisas indicam que, especialmente no caso de aparelhos pouco usados, o tempo que eles passam desligados na tomada contribui para uma boa proporção do consumo de energia deles.

Para diminuir o consumo dos aparelhos citados acima, pode ser uma boa ideia tirá-los da tomada ao fim do expediente – não custa muito colocá-los de volta na tomada no começo do expediente seguinte.

O carregador de notebook também deve ser tirado da tomada ao fim do expediente, pois ele também fica gastando energia enquanto está na tomada – mesmo que não haja um notebook conectado a ele.

ECONOMIZAR COM O AR CONDICIONADO OU CENTRAL DE AR

Regule-a-temperatura-do-ar-condicionado-para-economizar-energia

A luz do sol e o vento podem, dependendo do tempo e de que como é o local, ser o bastante para que se dispense o uso da iluminação artificial e do ar condicionado. Se o ar condicionado tiver que ser usado, manter as janelas e portas fechadas evita a entrada de ar exterior e faz com que o ar condicionado possa gastar menos energia.

Ainda sobre o ar condicionado: trocar com regularidade os filtros dele e mantê-los limpos (os de nylon, por exemplo, os de carvão ativado não podem ser limpos) são medidas que fazem com que ele não precise gastar mais energia do que o necessário no cumprimento de sua função.

Paredes de cores claras exigem gasto de menos energia elétrica para que o ambiente fique adequadamente iluminado.

DICAS RÁPIDAS

  • Telefones fixos gastam menos energia do que suas contrapartes sem fio.
  • Guardar água gelada em uma garrafa térmica, que reduz a capacidade do calor de sair (ou de entrar), permitindo que a água gelada fique gelada por um bom tempo, e deixá-la na mesa é um jeito de economizar idas à geladeira e evitar ficar abrindo a porta dela, poupando, assim, energia.
  • Quando forem comprados eletrodomésticos como micro-ondas ou geladeiras para o local de trabalho, é uma boa ideia – especialmente se as diferenças de preço existentes permitirem – dar prioridade a produtos que consumam energia de forma eficiente.
  • O selo Procel de Economia de Energia, fruto de um trabalho de avaliação coordenado pela Eletrobras, é usado para classificar vários tipos de aparelhos elétricos em categorias de A a G (da categoria mais eficiente à menos eficiente). No mínimo, vale a pena dar uma pesquisada.

Como é variável o controle que as pessoas possuem sobre seus ambientes de trabalho, pois as empresas possuem diferentes culturas corporativas, funções que possuem exigências diferentes e, geralmente, as pessoas repartem seus ambientes de trabalho com colegas, é preciso usar de bom senso e tato ao tentar adotar medidas de economia, para evitar tumultuar a rotina e o trabalho alheios.